“Somos uma escola completa, humana e comprometida com a formação de cidadãos conscientes. Nosso objetivo é fazer do colégio um referencial educativo na cidade de Ribeirão Preto, proporcionando cultura, educação e entretenimento saudável aos nossos alunos, preparando seu filho para vida e para o mundo.”

EDUCAÇÃO HÍBRIDA
Acreditamos que o “blended learning” (ensino híbrido) é o futuro da educação. Ensino híbrido não é qualquer sala de aula que tenha tecnologia. Em vez disso, descreve especificamente a combinação de experiências de aprendizagem flexíveis e on-line dentro das escolas feitas de tijolo e argamassa que ainda contam com comunidades presenciais, interações sociais e cuidados para os estudantes. Muito diferente do que a maioria das escolas têm hoje. Tradicionalmente, professores ficam na frente da sala de aula para dar a mesma aula a estudantes com diferentes níveis de compreensão. Além disso, nas salas de aula mais tradicionais o tempo é fixo e a aprendizagem é variável. Os alunos passam pelo conteúdo a um ritmo relativamente rígido, com pouca flexibilidade para avançar a algo mais elaborado ou passar mais tempo em tópicos com os quais estão tendo dificuldade. Uma abordagem centrada no aluno muda esse roteiro.

Jovens Gênios > GAME CLASS
Vamos transformar a educação brasileira!
Para desconstruir o modelo bicentenário de educar e revolucionar a educação brasileira na era exponencial, a Jovens Gênios traz um jeito divertido e inteligente de aprender.
Aprender com a metodologia tradicional de ensino é desestimulante, o que leva a 93% dos estudantes a saírem do ensino básico sem saber o mínimo esperado em matemática e 75% de defasagem em português.
Somos uma startup educacional carioca criada no final de 2017 e acelerada no Parque Tecnológico da USP-Ribeirão Preto em 2018. Desde então, impactamos mais de 3.000 estudantes que já realizaram mais de 1 milhão de questões e aumentaram mais de 2 pontos na média de matemática.

PROJETO TURING

Os alunos do Ensino Fundamental I e 6ºano do Colégio Espaço Cultural são contemplados com o ensino da LÓGICA DA PROGRAMAÇÃO. Este diferencial, parte integrante do Projeto UNO-i educação, foi desenvolvido em resposta à demanda cada vez mais crescente por uma educação digital. Além de proporcionar ampla oportunidade para o trabalho criativo, desenvolve a cooperação e o espírito de equipe, habilidade comprovadamente deficitária entre os estudantes brasileiros.

Vamos reconhecer nossa humanidade em toda sua potência e integralidade.
Somos únicos e complexos. Neste mundo de constantes transformações, enquanto separarmos natureza e cultura, corpo e mente ou razão e emoção, teremos uma educação estagnada e fragmentária. Seguiremos paralisados por males como estresse, ansiedade e depressão. Cada vez mais cedo. Nosso desafio é educar para a contemporaneidade, construindo um mundo de autoconhecimento, saúde física e mental, sustentabilidade, cidadania e ética.

Vamos vivenciar a paz e o respeito, em cada uma de nossas ações.
Para alcançar a paz mundial é necessário fomentar a paz onde vivemos. Promovemos a paz quando respeitamos o meio ambiente e o ser humano em sua diversidade, seja étnica, social ou econômica. Quando reconhecemos a multiculturalidade como um valor. Quando compreendemos que nossos interesses são diferentes, mas podem convergir rumo a um convívio pacífico. Educar para a paz é cuidar de nossas atitudes cotidianas, no mundo físico ou digital, e colaborar para o bem-estar de todos.

Vamos assumir a primazia de nossas emoções para garantir amadurecimento e aprendizado.
Só há aprendizado se houver interesse. O ser humano não dedica atenção a algo novo se não tiver desejo pela descoberta, assim como não guarda na memória o que não for significativo: é necessário emocionar-se para aprender. O emocional também é matéria de nossas relações. Reconhecer as próprias emoções e as dos outros é ponto de partida para a colaboração, o envolvimento, a autocrítica e a capacidade de lidar com os desafios.

Vamos fazer para aprender, aprender fazendo e fazer em conjunto, sem medo de errar.
Criatividade não é apenas para gênios, artistas e inventores. Criar é se dispor a arriscar, experimentar, investigar, imaginar, voltar atrás, persistir e se permitir errar muito. Vamos valorizar as tentativas, as falhas e o aprendizado que se conquista coletivamente e pela experiência, com a mão na massa. Aprender fazendo e fazer com os outros é o melhor caminho para desenvolver as habilidades de resolver problemas, tomar decisões e trabalhar colaborativamente.

Vamos fazer para aprender, aprender fazendo e fazer em conjunto, sem medo de errar.
Criatividade não é apenas para gênios, artistas e inventores. Criar é se dispor a arriscar, experimentar, investigar, imaginar, voltar atrás, persistir e se permitir errar muito. Vamos valorizar as tentativas, as falhas e o aprendizado que se conquista coletivamente e pela experiência, com a mão na massa. Aprender fazendo e fazer com os outros é o melhor caminho para desenvolver as habilidades de resolver problemas, tomar decisões e trabalhar colaborativamente.

Vamos usar a tecnologia com criatividade, senso crítico e ética.
É limitador usar a tecnologia para realizar tarefas do passado. Pensar tecnologicamente é desenvolver nossa competência digital. Dominar e usar o melhor de cada dispositivo e recurso. Transformar o que aprendemos e como o fazemos. Criar soluções colaborativamente e erguer pontes entre cidadãos de diversas realidades, com respeito e princípios éticos. Educar para pensar tecnologicamente é levar nossos estudantes à descoberta de seus próprios caminhos de desenvolvimento.

Vamos fortalecer o todo para fortalecer cada um.
A inteligência em rede é a melhor forma de construir conhecimento. Redes entre estudantes, educadores, colaboradores e gestores. Redes entre escolas. O trabalho colaborativo nos permite expandir nossos círculos e ecoar boas práticas. Em rede, somos melhores para inovar e mais fortes para crescer. Em rede, podemos derrubar fronteiras e encontrar a oportunidade de crescer juntos, respeitando e aprendendo a partir de nossas diferenças, bagagens e aptidões.

Vamos viver plenamente o presente para construirmos nosso melhor futuro.
O presente é o mais importante dos tempos, pois é o único que está de fato a nosso alcance. A realidade social e econômica atual nos impõe desafios antes inimagináveis, e o que deu certo no passado pode não ser uma boa solução para o agora. Planejar o presente com perspectiva e consciência é se comprometer com o que somos hoje e se responsabilizar pelo que seremos amanhã.

Vamos dar espaço à incerteza para inovar com liberdade e consciência.
Assumir que o conhecimento humano é mutável e incompleto é essencial para criarmos novas ideias e projetos. A tão almejada certeza pode nos paralisar e acomodar. Já a incerteza abriga o princípio da inquietação, da curiosidade, da pluralidade e da transformação. Reconhecer o valor da dúvida é ponto de partida para inovar na sociedade mais dinâmica e complexa que já conhecemos.

Vamos avaliar para saber onde estamos e para onde vamos.
Avaliamos para rever rotas, reconhecer o que precisa de atenção e oferecer novas chances. A avaliação não é um fim em si, mas um processo. Funciona como coleta de evidências, validação do que deu certo e oportunidade de corrigir o que pede ajustes. A boa avaliação é corresponsável e serve a todos os atores envolvidos na aprendizagem. Valoriza os diferentes estágios de desenvolvimento e favorece o progresso, a um só tempo, de todos e de cada um.

Vamos romper barreiras para que qualquer espaço do mundo seja um ambiente de aprendizagem.
Um ambiente de aprendizagem é aquele que permite investigação, interação, descoberta. É um educador em si, que pode existir em qualquer espaço, dentro e fora da sala de aula ou dos muros da escola. Como qualquer educador, o ambiente deve se adaptar à aprendizagem, e não o contrário. Deve estar pronto para se transformar, abraçando a tecnologia e transcendendo o espaço físico.

  • Documentos para matrícula

1 foto 3×4 – RG – Certidão de Nascimento – Carteira de Vacina  – Declaração de Transferência – Histórico Escolar

SECRETARIA CEC